É muito comum quem não é da área de Engenharia e Construção confundir os termos “retrofit” e “restauro”, que são processos com distintas finalidades. Como já explicamos aqui no blog, retrofitar é colocar o antigo em forma. É um processo de aperfeiçoamento de um ambiente sem perder sua essência, para preservar sua história e revalorizá-lo. O Retrofit é baseado na atualização de novas tecnologias; adequação às normas vigentes e novos usos para tornar os espaços funcionais para os atuais usuários; modernização estética e arquitetônica; e aplicação de soluções técnicas para facilitar a manutenção. Em resumo, a utilização desta técnica resulta na renovação completa da edificação. Um exemplo de obra de Retrofit é o que fizemos, por exemplo, no imóvel destinado ao escritório comercial do Suco do Bem – AMBEV. A casa foi modernizada para se adequar ao estilo inovador da empresa, sem que perdesse sua memória e características originais.

Já obras de restauro são apropriadas aos bens tombados e aos bens patrimoniais de grande significância. Seu objetivo é a conservação e consolidação da construção, assim como a preservação ou reposição da totalidade ou de parte da sua concepção original. As intervenções admissíveis nesses bens ou imóveis estão definidas nas normativas de uso, estabelecidas a partir dos processos de tombamento ou de proteção e preservação especiais. Uma obra que exemplifica bem esse serviço de restauro é a que realizamos no casarão antigo do século XIX que abriga o Museu Casa de Rui Barbosa. Lá, restauramos as superfícies arquitetônicas, deixando a fachada o mais próxima de suas características originais, inclusive resgatando a pintura de Lúcio Costa, feita nos anos 70 na época de Lucio Costa.

Portanto, como vemos, a diferença central entre retrofitar e restaurar está no grau de intervenção ou de modificações a que o imóvel será exposto. Em comum, a preparação. Antes de se iniciar qualquer trabalho, seja restauro ou retrofit, um grande trabalho de pesquisa deve ser realizado, abordando os aspectos históricos, legais e estruturais. Esse trabalho deve ser feito por profissionais ou empresas habilitadas.

Somos especializados em retrofit e serviços de restauro de imóveis tombados ou não. Fale conosco para saber como podemos ajudá-lo.

Deixe seu comentário